De quen é a historia?

jogodecena

“ÉPOCA – Para quem sempre fez documentários, de onde vem esse interesse pela figura do ator?

Coutinho – As pessoas quando falam comigo e contam sua vida, suas memórias e seus projetos estão fatalmente inventando. Não só porque existe a câmera: basta a minha presença, por ser estranha, para que elas inventem. Fui me interessando cada vez mais por essa invenção, até colocar em questão isso: o que é verdade e o que é invenção? Quem é ator e quem é personagem? Ninguém é dono da própria história. Sua história pode ser extraordinária, mas pode ser muito mais bem contada por outro que por você.”

(da entrevista da revista Época a Eduardo Coutinho, que podedes ler íntegra aquí)

Mércores 13, ás 21.30 horas:
Xogo de escena
(Jogo de cena, Eduardo Coutinho, Brasil, 2007, 100′, VOSG)